Cinema e música para celebrar o Verão

60250431_2362020503877912_2416772831829295104_o

O programa Sessão Dupla, com o qual o Shortcutz Guimarães celebra a chegada do Verão – e a pausa estival nas suas sessões regulares – regressa este ano. O cinema e a música voltam a juntar-se na sede do Cineclube de Guimarães.

A sessão começa com a exibição de “Amor, Avenidas Novas”, filme de Duarte Coimbra, que foi um dos grandes fenómenos do cinema português no ano passado. A primeira obra do realizador lisboeta venceu o prémio Novo Talento no Indie Lisboa do ano passado e foi seleccionado para o festival de Cannes, onde teve a sua estreia internacional.

“Amor, Avenidas Novas” é uma encantadora fábula sobre o romantismo. Manuel atravessa Lisboa com um colchão às costas e decide fazer uma pausa. Nem de propósito, entra na rodagem de um filme onde conhece Rita e tudo volta a fazer sentido.

A curta-metragem de Duarte Coimbra é exibida com a presença do realizador, que estará à conversa com o público juntamente com Manuel Lourenço, protagonista do filme e autor da sua banda sonora.

Manuel Lourenço é também o homem por trás do projecto musical Primeira Dama. E é nessa condição que, às 23h00, sobe ao palco, no terraço da sede do Cineclube, para um concerto.

A Sessão Dupla está marcada para o dia 15 de Junho, a partir de 22h00, num programa inteiramente livre.

Anúncios

#40 Sessão para famílias | Banhos Velhos

C_monstrinha_02_06_LIZ-EVIE.jpg

Shortcutz Guimarães | Sessão para Famílias

em parceria com MONSTRA | Festival de Animação de Lisboa e Banhos Velhos

55’

 

O Mensageiro / The Messenger

Lowe Haak | Dinamarca, Suécia | 2018 | 9’

Flash é um carteiro digital. Depois de enviar uma mensagem de amor entre dois adolescentes para a caixa de spam por engano, lança-se numa aventura para recuperar a mensagem e tem de optar entre o seu êxito e o amor dos jovens.

 

Kippkopp na Relva / Kippkopp in the Grass

Szilvia Fabók, Tama Mikori | Hungria | 2017 | 7’

Kippkopp, um rapaz-castanha, passeia pelo prado. Está sozinho e à procura de alguém para brincar. Encontra vários animais, mas nenhum quer saber dele. Até a joaninha voa para longe… No entanto, Kippopp decide segui-la.

 

A Cara da Carlota / Carlottas’s Face

Valentin Riedl, Frédéric Schuld | Alemanha | 2018 | 5’

Desde pequena, a Carlota nunca esperou que as pessoas tivessem caras, já que nem reconhecia a sua. É a arte que lhe permite finalmente reconhecer-se.

 

Às Avessas / Flipped

Hend Esmat, Lamiaa Diab | Reino Unido | 2018 | 5’

Este filme explora o absurdo de um mundo onde os papéis das crianças e dos adultos são invertidos. A história mostra um dia cheio de interacções bizarras, revelando as dinâmicas desta relação.

 

Suraya, Sementes de Luz / Suraya – Seeds of Light

Lyvia Marchetti, Charles Husson          | França | 2017 | 3’

No Dia das Ofertas, uma ratinha chega tarde demais ao templo. As portas estão a fechar-se, mas ela entra no último segundo e descobre o que nenhum rato desejaria ver.

 

Liz & Evie                   

Mareika Greiss | Alemanha | 2018 | 8’

Duas raparigas encontram-se numa paragem de autocarro. Uma delas descobre que a outra precisa de ajuda, mas para conseguir ajudá-la tem que ultrapassar as suas próprias inseguranças.

 

O Mosquito Pieks / The Mosquito Pieks

Maria Steinmetz | Alemanha | 2017 | 7’

O pequeno mosquito Pieks gela de frio no inverno. Por isso, precisa de um casaco. Antes de mais, tem que encontrar alguém que o faça. Depois, repara que terá que pagar por ele. Só que Pieks não tem dinheiro…

 

A Metamorfose de uma Tampa de Garrafa / The Metamorphosis of a Bottle Cap

Kathryn Jankowski | Canadá | 2018 | 6’

Um caranguejo aparentemente bonacheirão é inesperadamente chamado à ação por forças misteriosas depois de ter deparado com uma tampa de garrafa enganadora.

 

Dia de Bolo / Cake Day          

Jeroen Koelewijn | Países Baixos | 2018 | 4’

Uma curta-metragem sobre a dona de uma loja de bolos que é muito perfeccionista. Está toda divertida a criar um bolo de aniversário fantástico, até que uma mosca nojenta lhe estraga o dia.

#39 Interior

interior.png

Interior, de Vaagn Avakin

2014, 18’

 

Convidado | Maurício D’Orey

 

Argumento e Realização: Vaagn Avakin

Desenho de Som: Maurício D’Orey

Câmera: Mihail Zaicev

Edição: Israel Smith

Com: Mary Ellaryan, Robert Carter, Lowri James

Produção: LFS/Cinemotion

 

Sinopse: O filme segue um dia da vida de uma mulher que vive com sua filha num apartamento. À medida que o vazio e a solidão da vida das personagens atinge o seu clímax, o ritmo inofensivo da existência fica ameaçado, abrindo caminho para o perigo e uma explosão inesperada.

#39 “Náufragos”

_still 05_1.9.1 (1).jpg

“Náufragos”, de Pedro Neves

2018, 16’30’’

 

Realizador: Pedro Neves

Argumento: Pedro Neves, Bruno Ramos, Diogo Baptista, Henrique Maia, Joana Barbosa, Maria Marques

Direcção de Fotografia: Pedro Neves, Bruna Nunes, Bruno Ramos, Diogo Baptista, Henrique Maia, Joana Barbosa, Maria Marques

Montagem: Pedro Neves

Som: Bruna Marques, Bruno Ramos, Diogo Baptista, Henrique Maia, Joana Barbosa, Maria Marques

Produção: Nuno Rodrigues, Curtas Metragens C.R.L.

 

Sinopse: Tudo começa sempre como um dia qualquer. Uma partida para o mar, a espera em terra. Há uma surpresa. Um navio que abalroa um pequeno barco, uma onda que o vira. Há gritos, homens presos no porão, pescadores ao frio abrigados numa balsa dias a fio. Em terra recebe-se a notícia. Chora-se, prepara-se o luto, espera-se por um raio de sol que traga gente viva. As datas não mais se esquecem, as marcas ficam no corpo e na memória de quem as viveu.

#39 Natureza Morta

IMG_0793

Natureza Morta, de Bruno Fraga Braz

2019, 14’ 31’’

 

Com: São José Lapa e Fernanda Lapa

Realização e guião: Bruno Fraga Braz

Produção: Bruno Fraga Braz e Afonso Pimentel

Direccção de fotografia: Afonso Pimentel

 

Sinopse:  Uma septuagenária passa os últimos dias que ainda lhe restam em reclusão, dedica a cuidar da irmã mais velha.  Mergulhada no silêncio de um velho apartamento, ela continua a sonhar com música e tudo aquilo que deixou para trás. “Natureza Morta” é um filme sobre a invisibilidade e solidão daquelas que foram esquecidos pela cidade. Baseado numa história real.

Confrontos com a morte

still 01_1.43.1.jpg

Maio chega com tons carregados ao Shortcutz Guimarães, com dois filmes a preto-e-branco em competição e um tema em comum: um confronto com a morte.

Pedro Neves é o autor de “Náufragos”, curta-metragem documental rodada nas Caxinas, em Vila do Conde. Tudo começa sempre como um dia qualquer: uma partida para o mar, a espera em terra. Mas há um acidente, chora-se, prepara-se o luto. Um quotidiano já comum numa localidade ligada à pesca.

Da comunidade costeira, à solidão de um apartamento numa grande cidade, “Still Life”, de Pedro Fraga Braz, é uma ficção sobre duas mulheres que são a escassa companhia uma da outra nos últimos dias das suas vidas.

Estes são os últimos dois filmes em competição na primeira metade do ano no Shortcutz Guimarães. Como é habitual, as sessões terão uma pausa nos meses de Verão, retomando a sua regularidade em Setembro. A sessão de Maio acontece, excepcionalmente, no dia 15 de Maio. As demais coordenadas são as mesmas do costume: 22h00, sede do Cineclube de Guimarães, com entrada livre.

O convidado da sessão é Maurício d’Orey, que assinou a sonoplastia de “Carga”, considerado o melhor filme da temporada 2017 no Shortcutz Guimarães. Foi também responsável pela pós-produção de som em “Estrada da Palha”, de Rodrigo Areias, e é colaborador regular de um dos grandes nomes do novíssimo cinema brasileiro, Gabriel Mascaro, com quem trabalhou nas longas-metragens “Ventos de Agosto” e “Boi Neón”.

#38 Celebra a Eileem

celebrate eileen

Projecto Convidado PORTO FEMME – Festival Internacional de Cinema

Rita Capucho, Ana Castro apresentam

Celebra A Eileem de Judith Westermann

2017; 25’

 

Com: Jonathan Berlin, Ulrike Folkerts, Nurit Hirschfeld, Lasse Myhr

Produção: Anna-Katharina Maier

Sinopse: Presa no corpo errado, Eileen quer finalmente começar a viver a sua vida como rapariga amanhã. Mas hoje, a sua melhor amiga Ella organiza uma festa de despedida para o anterior Eu de Eileen, Leon. A festa torna-se um desastre quando ninguém comparece. As duas amigas decidem confrontar os convidados que não apareceram e mergulham numa odisseia absurda pela cidade que altera tudo.

#38 “Entre Sombras”

04_ENTRESOMBRA_25_00099024 (1)

“Entre Sombras”, de Mónica Santos, Alice Guimarães

2018, 13’25’’

 

Com: Sara Costa, Gilberto Oliveira

Argumento: Mónica Santos, Alice Guimarães

Direcção de Fotografia: Manuel Pinto Barros

Montagem: Alice Guimarães, Mónica Santos

Som: Paul Josselin, Kévin Feildel, Bertrand, Boudaud

Música: Pedro Marques

Animação: Mónica Santos, Alice Guimarães

Voz Off: Margarida Vila-Nova, Lyndsey Richardson

Produção: Jean-François Le Corre, Mathieu Courtois, VIVEMENT LUNDI! Pedro Medeiros, UM SEGUNDO FILMES, Nuno Amorim, Vanessa Ventura, Animais AVPL
Sinopse: Natália, refém de um trabalho entediante e repetitivo, envolve-se numa aventura em busca de um coração roubado. Num mundo surreal onde os corações podem ser depositados num banco, a protagonista atravessa vários perigos que a conduzem a um dilema: dar o seu coração ou guardá-lo para si.

#38 “À Tona”

CN_atona_02.jpg

“À TONA”, de Filipe Abranches

2018, 10’ 55’’

 

Realização e Argumento: Filipe Abranches

Montagem: Nuno Amorim, Davide Freitas

Som e Música: Eduardo Raon

Animação: Sofia Cavalheiro

Produção: Vanessa Ventura, Nuno Amorim, Animais AVPL

 

Sinopse:  Um piloto de combate despenha-se no meio do oceano. Contra todas as expectativas o avião encalha à superfície. O resgate tarda, mas acaba por acontecer num estranho cerimonial.

#38 Foco virado para a animação

celebrate eileen.jpgO cinema de animação vai estar em destaque na sessão competitiva de Abril do Shortcutz Guimarães. São duas técnicas diferentes e duas perspectivas sobre o mesmo género: da abordagem mais tradicional, baseada em ilustração, usadas por Filipe Abranches, ao stop motion a partir de imagens reais, por Mónica Santos e Alice Guimarães.

O primeiro filme em competição nesta sessão é “À Tona”. É a mais recente curta-metragem de Filipe Abranches, um dos mais realizadores centrais da animação em Portugal nos últimos anos.

“À Tona” começa com um acidente que faz um piloto de combate despenhar-se no meio do oceano. O resgate tarda, mas acaba por acontecer num estranho cerimonial.

Segue-se a exibição de “Entre Sombra”, de Mónica Santos e Alice Guimarães, filme que acaba de receber o prémio da Academia Portuguesa do Cinema para melhor curta-metragem de animação.

Esta curta conta a história de Natália, refém de um trabalho entediante e repetitivo, que se envolve numa aventura em busca de um coração roubado.

A sessão terá como convidado o festival de cinema Porto Femme, que este ano decorre de 18 a 22 de Junho. O evento será representado por Rita Capucho e Ana Castro, que apresentam Celebra Eileem, curta-metragem realizada pela cineasta alemã Judith Westermann.

A sessão competitiva de Abril do Shortcutz Guimarães acontece no dia 24, às 22h00, na sede do Cineclube. Uma semana antes, à mesma hora e no mesmo local, realiza-se a primeira sessão especial dedicada a curtas-metragens internacionais. A entrada em ambas as sessões é gratuita.